sábado, abril 23, 2016

Amigo

Fluke, por que você me visita nos meus sonhos? Por que insiste em fazer isso? Estavam lá Dora e Laika vivas também, olhando pra você e para mim e chorando por você. Só que tem um detalhe, elas se foram antes de você. Acho que elas se foram antes para recepcionar você. Elas não conseguiriam ir depois. Abriram a porta do céu pra você. E agora você volta pra mim por alguns momentos e se vai novamente. Isso é muito forte pra mim, não faça mais isso. Não sei. Melhor não fazer mais isso. Se continuar fazendo isso vou querer ir prai te encontrar. Fique ai no céu. Nas nuvens. Sempre que olho pras nuvens te vejo correndo e pulando. Mas não posso acariciar as nuvens. Tenho que me contentar que você é uma lembrança, meu amigo eterno, meu amor eterno.
Postar um comentário